10 ações da World Vision para enfrentar a COVID-19 na América Latina

Por Víctor Martínez
World Vision Latinoamérica y Caribe

Já são mais de 190 países em todo o mundo afetados pela COVID-19 e os casos confirmados de contágio superaram os 960.000 a nível global.

World Vision fez um chamado aos governos e autoridades para prestar assistência especial às comunidades e pessoas que sofrem por conflitos sociais, violência e possuem acesso limitado a serviços médicos, de água, saneamento e higiene. Nossa resposta está em focar principalmente nas populações que se encontram em deslocamento e regiões com altos índices de pobreza.

Na América Latina, a World Vision destinará U$S 24 milhões para enfrentar a crise ocasionada pela COVID-19 em 15 países. Isso só é possível graças às contribuições pontuais de milhares de patrocinadores ao redor do mundo.

Estas são as 10 ações que nosso pessoal em campo está realizando na América Latina e Caribe:

Divulgação: World Vision Honduras

World Vision Honduras estabeleceu mecanismos de coordenação com o Ministério da Saúde (SESAL) e a Comissão Permanente de Contingências (COPECO). Além disso, o escritório nacional entregou 3.360 kits de higiene contendo gel antibacteriano, um frasco de sabonete líquido e uma embalagem de lenços umedecidos ao Centro de Atenção a Jovens Delinquentes (INAMI).


World Vision Nicaragua
começou a entregar 15.500 kits de higiene para crianças e adolescentes em cinco territórios do país. Os kits serão entregues individualmente e são compostos por três embalagens de sabão, uma toalha de mão e uma embalagem de guardanapos para secagem imediata e descartável. Além disso, 530 kits de limpeza serão entregues em escolas, igrejas e centros de saúde.

World Vision Bolivia entregará kits de higiene e instruções de prevenção a 40 mil crianças, adolescentes e suas famílias. Fornecerá suprimentos médicos e equipamentos de proteção pessoal para profissionais de saúde e voluntários.

Divulgação: World Vision El Salvador

World Vision El Salvador fez uma doação para o Escritório da Primeira Dama e do Comissionado de Projetos Estratégicos da República. Os suprimentos incluíam roupas, brinquedos, máscaras e materiais para crianças que estão em quarentena e distanciamento social.  Além disso, entregou 11 mil máscaras (5 mil para a Proteção Civil, 5 mil para as Forças Armadas e 1 mil para o Ministério do Interior).

World Vision Peru apoiou os esforços e cobriu as despesas de alimentação de toda a delegação de judô infantil em Ayacucho. O grupo de atletas ficou retido no Equador durante 16 dias. Os procedimentos foram feitos em colaboração com a Ouvidoria e o Governo Regional de Ayacucho. Além disso, a organização deu megafones, álcool em gel e máscaras para o exército peruano.

Divulgação: World Vision Colômbia

World Vision Colômbia começou a entregar mais de 300 pacotes de alimentos para crianças no Norte de Santander em parceria com o UNICEF Colômbia e a organização Education Cannot Wait (ECW). Isso se somará à entrega de 4 mil kits de alimentos em colaboração com a Prefeitura Municipal de Cúcuta e o Grupo Interagencial sobre Fluxos Migratórios Mistos (GIFMM).

World Vision Haiti está conduzindo um dia de prevenção de contágio através de caminhões que percorrem bairros e áreas vulneráveis do país. Estima-se que mais de 50.000 pessoas serão afetadas. Da mesma forma, foram entregues 3.543 pacotes de higiene, beneficiando 17.715 famílias.

World Vision Brasil entregou 1.200 kits de higiene e embalagens de alimentos em Recife e São Paulo que incluirão brochuras com informações para prevenção de infecções, materiais educativos, material escolar e entretenimento. Nas próximas semanas, também levará ajuda humanitária para outras cidades do país: Guarulhos, Rio de Janeiro, Manaus, Boa Vista, Fortaleza, entre outras.

World Vision Equador Fornecerá 30.000 pacotes de saúde, educação e nutrição para famílias em situação de risco. Atenderá aos migrantes com a metodologia Multipurpose Cash que é utilizada de acordo com suas necessidades de saúde, alimentação ou pagamento de moradia.

World Vision Guatemala entregou 53 galões de álcool em gel, 10.600 pares de luvas, 110 galões de cloro líquido, 9.800 máscaras e 69 galões de sabão líquido para a área de saúde de Huehuetenango e os municípios de Aguacatán e Chiantla. Da mesma forma, mais de 116 mil pessoas serão beneficiadas com o material de saúde que o escritório nacional entregou aos municípios de San Bartolo e Momostenango.