Visão Mundial celebra o Dia do Refugiado homenageando migrantes venezuelanos em Boa Vista e São Paulo

No dia 20 de junho, foi celebrado mundialmente o Dia do Refugiado e a ONG Visão Mundial fez homenagens aos migrantes venezuelanos assistidos pela organização em Boa Vista (RR) e São Paulo (SP). Desde 2018, a Visão Mundial trabalha na resposta à crise migratória da Venezuela realizando projetos nas áreas de Proteção à Infância e Empreendedorismo para migrantes jovens e adultos.

Foto: Catty Lopes / Divulgação: Visão Mundial Brasil

As ações do Dia Mundial do Refugiado em Boa Vista (Roraima) aconteceram nas ocupações Coronel Monteiro Baena e Beira do Rio, onde vivem mais de 150 venezuelanos. A equipe da Visão Mundial ofereceu aos migrantes um café da manhã especial, distribuindo kits de lanches contendo frutas, bolo, sanduíche, suco e bebida achocolatada. Ao final da visita, todos se reuniram para um momento de oração pelos migrantes e refugiados que vivem no Brasil.

Foto: Catty Lopes / Divulgação: Visão Mundial Brasil

Rosami vive há dois anos no Brasil e foi uma das venezuelanas alcançadas pela ação da Visão Mundial no Dia Mundial do Refugiado. Em tempos de COVID-19, ela conta que apesar das dificuldades que enfrentam, os migrantes podem contar com o apoio da Visão Mundial. “Por causa da pandemia, a maioria de nós que vivemos nas ocupações estamos sem trabalho, então a ajuda da Visão Mundial é uma bênção e verdadeiramente não nos sentimos desamparados”, disse.

A atividade do Dia Mundial do Refugiado em São Paulo foi realizada em parceria com a ONG Aldeias Infantis no abrigo SOS do Rio Bonito, localizado no distrito do Grajaú, extremo sul da capital paulistana.

Foto: Julio Cezar / Divulgação: Visão Mundial Brasil

Participaram das atividades 22 migrantes venezuelanos inscritos no projeto Ven, Tú Puedes! – Empregabilidade e Empreendedorismo para Refugiados e Migrantes Venezuelanos, realizado pela Visão Mundial com o apoio do Governo dos Estados Unidos através do Bureau of Population, Refugees, and Migration (State PRM). Como parte da programação, aconteceram oficinas de culinária, teatro de bonecos, contação de histórias infantis e uma animada confraternização onde foram servidas comidas típicas da Venezuela.

Foto: Julio Cezar / Divulgação: Visão Mundial Brasil

Para Lilian Silva, coordenadora de projetos da Visão Mundial em São Paulo, “a receptividade nas atividades foi ótima, os migrantes adultos estavam muito animados em cozinhar os pratos típicos e nos ensinar sua cultura e culinária e as crianças venezuelanas também participaram com muita alegria de toda a programação”, relatou Lilian”.

Foto: Julio Cezar / Divulgação: Visão Mundial Brasil

No encerramento da comemoração, foram distribuídas Caixas de Ternura para as meninas e meninos do abrigo, contendo um kit materiais educativos como lápis de cor e livros de colorir para diversão nos dias de quarentena.


Este projeto é financiado por um subsídio do Departamento de Estado dos Estados Unidos. As opiniões, descobertas e conclusões aqui declaradas são de responsabilidade do(s) autor(es) e não refletem necessariamente as do Departamento de Estado dos Estados Unidos.