Visão Mundial alcança 2.000 famílias com a distribuição de Caixas de Ternura em ação de enfrentamento ao Novo Coronavírus

Nos últimos dias de 2019, o mundo recebeu a notícia de que uma nova doença respiratória aguda, causada pelo Coronavírus, havia sido identificada na província chinesa de Wuhan, causando milhares de mortes. A COVID-19 se alastrou rapidamente por outros continentes além da Ásia, e três meses depois, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto como uma pandemia global obrigando a sociedade a uma mudança urgente de hábitos, desde cuidados acentuados com a higiene até o isolamento social. A pandemia chegou ao Brasil há cerca de um mês e tem até hoje 7.910 casos confirmados e 299 óbitos.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

Para conter esse impacto social avassalador e ajudar prioritariamente as crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade no País, a ONG Visão Mundial iniciou em Março a campanha de doação Juntos pelas Crianças contra a COVID-19. A iniciativa consiste na entrega das Caixas de Ternura – um kit com itens de higiene básica e materiais educativos infantis com orientações para a prevenção contra o Novo Coronavírus. Em alguns municípios, ações com organizações parceiras também têm permitido a entrega de cestas básicas para as famílias mais necessitadas.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

A distribuição começou em Recife, no dia 27 de março, em parceria com a Igreja A Ponte e beneficiou 200 famílias nas comunidades do Pilar e Boa Viagem. São Paulo foi a segunda cidade a participar da campanha da Visão Mundial com a entrega de 1.000 Caixas de Ternura. A ação aconteceu juntamente com a Rede Ibab Solidária, que arrecadou cestas básicas e indicou instituições cristãs parceiras que trabalham com crianças vulneráveis de até 12 anos de idade, moradoras da Grande São Paulo. São elas: Ação e Proteção, Ação Vida, Ame+, CAF, Pra Viver Melhor, Hatus, NADI, PEPES e Novos Sonhos.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

“Nesse tempo de pandemia em que estamos vivendo, não só no Brasil mas em muitos países do mundo, mais do que nunca trabalhar em rede, reunir as organizações, poder fazer isso de uma forma que gere mais impacto, que mais pessoas sejam alcançadas, é uma condição que não podemos abrir mão”, destaca Sílvia Kivitz, coordenadora da Rede Ibab Solidária. E completa: “Mesmo sendo uma ação pontual, isso tem um impacto, porque em muitos dos projetos que estão fechados, as crianças recebiam alimentação e não estão recebendo. Saber que, por alguns dias, algumas semanas, elas terão, isso traz um alívio, isso traz um certo conforto de que outras organizações poderão também somar e completas essas cestas e esses alimentos. É o momento de nos unirmos, de unir forças de todas as organizações para que as famílias, principalmente essas que se encontram em áreas de vulnerabilidade e suas crianças e adolescentes, sejam protegidas, guardadas e também se sintam cuidadas por nós.”

CUIDADO E ATENÇÃO NA PANDEMIA

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

O Projeto Novos Sonhos atende cerca de 600 crianças na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, com aulas de ballet, música, percussão, skate, Jiu-jitsu e reforço escolar. O projeto foi uma das organizações que recebeu Caixas de Ternura e cestas básicas na capital paulista. Foram escolhidas 50 crianças em situação de vulnerabilidade para receberem as doações.

“Nós já estávamos entregando cestas básicas, em uma média de 400 cestas. Foi muito importante ter a Caixa de Ternura da Visão Mundial, que pode proporcionar paras crianças uma leitura da bíblia, atividades infantis, tudo o que elas podem fazer nesse período em que estão fora da escola e dentro de suas casas. Assim elas podem, de alguma forma, ter um entretenimento”, afirma Joana Machado Rodrigues, coordenadora e idealizadora do projeto Novos Sonhos. “As famílias deram um retorno muito positivo, até vídeos recebemos das crianças orando juntas, foi muito impactante. Foi muito impactante nas nossas vidas enquanto Projeto e pra todas as pessoas que nós temos atendido. A ação foi pontual, mas foi extraordinária”, completa.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

Mãe de quatro crianças, Rauderlane Batista de Oliveira enfrenta desempregada uma gestação de risco. Com benefícios sociais congelados e sem receber pensão dos pais das crianças, ela foi uma das mulheres chefes de família alcançadas pela ação em outra região de São Paulo. No sábado, 28 de março, a filha Maysa, de 8 anos, e o filho Samuel, de 6, a acompanharam até o Núcleo Assistencial de Desenvolvimento Integral (NADI), no Capão Redondo, onde receberam duas Caixas de Ternura, uma cesta básica e um kit de proteínas arrecadado pelo NADI, com leite, ovos e carnes. Ela afirma que, na casa onde moram, falta água todos os dias, o que dificulta a seguir as recomendações de prevenção.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

“A gente assiste muita TV pra se informar, então, cada vez que a gente volta da rua, a gente lava bem as mãos. Mas sem água, fica difícil da gente se cuidar”, afirma Rauderlane, feliz por ter recebido frascos de álcool em gel na Caixa de Ternura. Ela também afirma que os materiais educativos serão importantes, já que, sem aulas na escola e sem atividades nos projetos do NADI, os filhos precisam de muitas atividades para desenvolver em casa. “Eles ficam dentro de casa o tempo todo agora. Eles brincam, assistem DVD, tinham alguns livrinhos de pintar. Eles amam pintar, ficar lendo, desenhar. Eu faço as atividades com eles, eles me cobram sempre. A gente não tem muito espaço, então esses presentes vão ajudar demais.”

“Tem muitas coisas legal. Tem lápis pra pintar, giz de cera, massinha. A gente pode brincar de várias coisas, pode ler livro, estudar a bíblia, brincar de igreja. E também tem álcool em gel. Se você lavar a mão, já basta, não precisa usar álcool em gel. Mas se não tiver água, aí usa álcool em gel”, explica a filha Maysa.

REDE DE SOLIDARIEDADE

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

“É de grande importância ser parceiro da Visão Mundial nessa ação porque pelo trabalho muito sério que realiza há tantos anos e pela visibilidade que tem, há mais possibilidade de arrecadar recursos e fazer essa rede de solidariedade com outras organizações sociais menores e outras que estão dentro das comunidades, mais perto das pessoas que realmente precisam”, reforça Gislene Nunes, diretora-presidente do Instituto Hatus. A organização na zona Oeste da capital paulista recebeu 122 Caixas de Ternura e cestas básicas, entregues de casa em casa na região da Vila dos Remédios.

“Nesse período em que estamos de quarentena, todas as famílias estavam em casa, então a reação de surpresa e alegria, o conteúdo que tinha na Caixa de Ternura paras as crianças foi uma alegria. Ouvi muitas mães dizerem que não tinham álcool gel em casa e da dificuldade de encontrar, porque não se acha pra comprar. Chegou num momento em que realmente estavam precisando. E também os alimentos, as cestas básicas, ouvimos de várias pessoas que chegou em uma boa hora, pois os armários já estavam vazios. Foi uma alegria pra quem estava recebendo e para nós que estávamos levando essa assistência pra eles”, completa.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

Durante a primeira fase de entregas, também foram distribuídas 510 Caixas de Ternura em São José dos Campos, entregues em parceria com a Agência Aorta, Igreja da Cidade, Igreja Projeto Vida, Igreja Assembleia de Deus do Morumbi e Igreja Batista da Chácaras Reunidas.

Maceió também participou das ações da Visão Mundial no enfrentamento ao coronavírus. Em parceria com o Instituto Servir, CREN Alagoas e Cactus, foram entregues 200 cestas básicas e mais 200 Caixas de Ternura na comunidade do Sururu de Capote.

Para as próximas fases da campanha, também estão previstas doações nas cidades do Rio de Janeiro (RJ); Manaus (AM); Boa Vista (RR); Fortaleza (CE); Salvador (BA); Governador Dix-Sept Rosado (RN); Inhapi e Canapi (AL). As datas das entregas ainda não estão definidas e serão informadas ao público em nossos canais de comunicação e redes sociais.

Foto: Júlio Cézar | Divulgação Visão Mundial Brasil

A ONG Visão Mundial, que dedica todos os esforços e recursos para contribuir com o alcance do bem-estar de crianças, adolescentes e jovens que vivem nas comunidades mais pobres de nosso País.  Você também pode ser parte dessa história de proteção de muitas vidas. Faça sua doação acessando http://visaomundial.org/covid19 ou entre em contato através do whatsapp +55 11 98484-0442.

Juntos podemos aumentar a quantidade de kits doados e o número de famílias atendidas.

Assista o vídeo da entrega das Caixas de Ternura em São Paulo:

2 Replies to “Visão Mundial alcança 2.000 famílias com a distribuição de Caixas de Ternura em ação de enfrentamento ao Novo Coronavírus”

  1. Parabéns por essa clara manifestação de amor ao próximo! Que Deus continue abençoando essa obra e que sejamos sensíveis ao apelo de fazermos parte dela.

    1. Cattleya Lopes says:

      Olá Heraldo, como vai? Agradecemos sua mensagem de apoio e contamos com suas orações para continuarmos cuidando dos mais vulneráveis em todo o tempo. Deus te abençoe.

      Atenciosamente,
      Equipe de Comunicação em Emergência
      Visão Mundial Brasil

Comentários fechados.