Em Boa Vista, Roraima, Visão Mundial mantém projetos para crianças indígenas e refugiadas venezuelanas

Os abrigos de Pintolândia e de São Vicente, localizados no município de Boa Vista, em Roraima, recebem crianças indígenas e refugiadas venezuelanos. Além dos espaços de proteção e de educação, eles realizam atividades sociais como dança e prática de esportes.

+ CLIQUE PARA CONTRIBUIR COM OS PROJETOS DA VISÃO MUNDIAL DE ASSISTÊNCIA AOS REFUGIADOS VENEZUELANOS

Nesta quarta (17/07), Raissa Rossiter, diretora nacional da Visão Mundial, e Luisa Phebo, gerente de parcerias e captação, visitaram as operações da organização no local. Veja fotos:

Espaço de aprendizagem

Deixe uma resposta