Em NY, World Vision faz alerta para as lacunas nos esforços para eliminar a violência contra crianças

Enquanto os países relatam seu progresso para eliminar a pobreza até 2030, a organização humanitária World Vision alerta os líderes sobre importantes lacunas que ameaçam esse processo.

Disponibilidade de informações, coordenação, transparência e prestação de contas sobre os esforços para eliminar a violência contra as crianças estão se tornando lacunas que vão tirar a vida de milhares de crianças e seus futuros. Essa é a principal conclusão do relatório global “Pequenas rachaduras, grandes lacunas: como os governos permitem que a violência contra as crianças persista”, apresentado nesta quinta, 11 de Julho, durante o Fórum Político de Alto Nível (HLPF, sigla em inglês) que acontece até o próximo dia 19 em Nova York, nos Estados Unidos.

A delegação da World Vision é composta por 30 representantes de escritórios da organização espalhados pelo mundo. Welinton Pereira, diretor de advocacy, é quem representa a Visão Mundial Brasil.

O relatório identifica onde os governos individuais e a comunidade internacional, como um todo, deveriam ser mais ambiciosos para permitir legislação, bem como estratégias eficientes e eficazes para proteger de danos um número alarmante de crianças.

“Não há dúvida de que existe uma motivação e dedicação generalizadas para eliminar os horrores da violência contra as crianças, que ainda afeta mais de 1700 milhões de crianças por ano. Mas as boas intenções são insuficientes para preencher as lacunas reveladas por nossa análise “, disse Andrew Hasset, diretor de campanha global durante o lançamento do relatório.

O relatório é baseado em uma extensa análise de políticas e leis em 20 países ao redor do mundo e explora os motivos pelos quais, 30 anos depois que os governos ao redor do mundo ratificaram a Convenção sobre os Direitos de Meninos e Meninas, muitas crianças são forçadas a casamento infantil, trabalho infantil em condições degradantes e perigosas e porque milhões enfrentam abuso e violência nos lugares onde deveriam estar mais seguros.

“Constatamos que, embora tenham sido feitos alguns progressos para eliminar a violência contra as crianças, os compromissos assumidos não são acompanhados de ações significativas, o que gera lacunas legais, no nível da política e do financiamento. A adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável há quatro anos e maiores compromissos para eliminar todas as formas de violência contra as crianças não resultaram em ações substanciais para gerar uma mudança real “, acrescentou Hassett.

O investimento para eliminar a violência contra as crianças não apenas salva vidas e futuros, mas também tem um efeito multiplicador na construção de sociedades e economias mais fortes. No entanto, ainda estamos longe de um mundo onde todas as crianças têm proteção legal contra a violência.

“É preocupante ver quantos países ainda não tornaram a violência contra crianças ilegal. Ainda acreditamos que um mundo sem violência contra as crianças é possível. Mas será preciso muito mais esforço e atenção dos governos com o apoio da população e das organizações em todo o mundo que acreditamos que nenhuma criança deve sofrer violência “, disse Hassett.

“Alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável significa trabalhar em aspectos que até agora têm sido muito difíceis de alcançar. Significa priorizar crianças, que foram invisíveis e silenciosas, cujas vidas podem mudar num instante. Significa escutá-los, incluí-los na tomada de decisões e garantir que eles tenham mecanismos para responsabilizar seus líderes, quando os compromissos não se traduzem em ações. É hora de fechar as fendas, fechar as brechas e eliminar a violência contra as crianças em cada país”, concluiu Hassett.

Veja o relatório completo (versão em espanhol):

2 Replies to “Em NY, World Vision faz alerta para as lacunas nos esforços para eliminar a violência contra crianças”

  1. Olá , Sou de Recife desejo saber ,mais detalhes sobre a Ong Visão Mundial (história,projetos,sede,parceros etc…)para realizar uma atividade na Faculdade.vcs podem me ajudar??

    1. Oi, Lucienne!! Bom dia e obrigada pelo interesse na Visão Mundial.
      Por favor, mande um email para juliana_bacci@wvi.org que conversamos. Um abraço,

Deixe uma resposta