Jeane: “Os produtos que vêm na cesta são muito bons, de boa qualidade, e ajudaram bastante a manter a alimentação dos meus filhos”

Recife encerrou o ano de 2019 com a pior taxa de desemprego entre as 27 capitais do Brasil, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada pelo IBGE em novembro. Em 2020, essa realidade foi agravada pela pandemia e muitas famílias, que já viviam em situação de vulnerabilidade, ficaram ainda mais expostas. É o caso de Jeane e o esposo que, desde fevereiro, convivem com a falta de emprego.

O casal vive com os quatro filhos na periferia de Recife. São três meninos, Luan, Abel e Gabriel, com 15, 12 e 7 anos de idade, e uma menina, Mayara, de 5 anos. Além da insegurança sobre a renda familiar, Jeane também enfrenta diariamente o desafio de manter os filhos dentro de casa, sem aula, e seguindo medidas de proteção contra a COVID-19.

“As crianças estão estressadas, querem ir brincar, e até para a gente mesmo que tinha um serviço para fazer, ficou difícil”, conta Jeane, que antes da pandemia trabalhava como diarista. “Eu gosto de passear de bicicleta todos os dias, mas depois do coronavírus, eu não posso sair”, queixa-se Mayara que, segundo a mãe, agora passa o dia apenas assistindo TV, pintando e desenhando.

Quando a família passou a receber as cestas de alimentos doadas pela Visão Mundial e a XP Investimentos, foi um alívio. “A cesta básica veio num bom momento, pois a gente com 4 filhos, sabe como é. E como eu, muitas famílias também foram beneficiadas pelo programa”, reconhece Jeane ao afirmar ainda que ficou surpresa com a quantidade e a qualidade dos alimentos. “Os produtos que vêm na cesta são muito bons, de boa qualidade. Vem uma quantidade que eu mesma não sabia que vinha nesse tamanho. Foi muito bom, ajudou bastante a manter a alimentação dos meus filhos, todos os dias”, completa.

Assim como a família de Jeane, 2 mil famílias foram beneficiadas pela ação da Visão Mundial e a XP Investimentos na capital pernambucana. Durante três meses, foram fornecidas cestas básicas mensais como um apoio para garantir alimentação de qualidade a milhares de crianças e famílias.

Conheça um pouco mais sobre a história dessa família:

Texto: Ana Luz / Visão Mundial Brasil
Imagens: Álvaro Júnior / Visão Mundial Brasil