Rosângela: “A ajuda da Visão Mundial ajudou muito mesmo, chegou no momento em que a gente mais estava precisando”

Desde o início da pandemia, a Visão Mundial tem trabalhado de diversas formas para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade. Com o apoio de doadores e parceiros, essas ações emergenciais vão desde a doação de cestas básicas e kits de higiene e limpeza até apoio financeiro para que famílias consigam ter alguma renda. Uma dessas iniciativas é realizada em parceria com a PicPay, para a transferência de renda de forma 100% digital a centenas de famílias identificadas pela Visão Mundial. É com este recurso que Rosângela, de Recife (PE), tem garantido alimentos para sua família.

Aos 45 anos, Rosângela mora com a mãe e o filho Tiago, de 19 anos. Há três anos desempregada, ela mantinha a casa com a venda de doces e salgados. Mas, com a chegada da pandemia, viu sua fonte de renda desaparecer. “Eu não tenho renda nesse momento e, com essa pandemia, ficou muito mais difícil. Se já era difícil conseguir emprego, agora ficou muito mais”, explica.

Na situação em que se encontram, restou ao filho Tiago iniciar alguma atividade que pudesse gerar renda. Foi quando ele começou a cortar o cabelo de meninos na comunidade em que vivem. “Ele ajuda os meninos cortando o cabelo por 5 Reais. Ele não pode cobrar mais porque não tem os equipamentos, mas ele corta”, conta Rosângela, que sonha em um dia ver o filho tornar-se um cabeleireiro profissional e abrir o próprio salão na comunidade.

Rosângela e o filho Tiago estão entre os beneficiados por projeto de transferência de renda da Visão Mundial em parceria com a PicPay (Foto: Álvaro Júnior / Visão Mundial Brasil)

Há alguns anos, Tiago participa dos programas da Visão Mundial para adolescentes e jovens, e também é voluntário, inclusive nas ações de resposta à emergência em Recife. Foi por meio desse contato que a situação de vulnerabilidade dele e sua família foi identificada e eles passaram a integrar o programa de transferência de renda da Visão Mundial em parceria com a PicPay. Todos os meses, recebem um pequeno valor, mas que faz muita diferença na compra de mantimentos para a casa.

“A bolsa emergencial da Visão Mundial ajudou muito mesmo, chegou no momento em que a gente estava mais precisando. Com ela, eu pude ir ao mercadinho da comunidade e lá eu consegui comprar os alimentos e completar a cesta básica que ganho”, ressalta Rosângela.

Somente em Pernambuco, 366 famílias foram beneficiadas com a transferência mensal de renda. Em todo o Brasil, a parceria entre a Visão Mundial e a PicPay alcança cerca de 1.400 famílias, que recebem uma ajuda financeira de R$ 100 ou R$ 200, com transferências realizadas de forma 100% digital. Com essa ajuda, as famílias podem viver com mais dignidade e complementar a renda para compra de itens básicos de alimentação, higiene, educação e proteção às crianças e adolescentes.

Conheça um pouco mais sobre a história de Rosângela e sua família:

Texto: Ana Luz / Visão Mundial Brasil
Imagens: Álvaro Júnior / Visão Mundial Brasil